Estância Turística de Paraguaçu Paulista
 
Aspectos Físicos
Situada da Mesoregião do Sudoeste Paulista e na Microregião da Alta Sorocabana de Assis, Paraguaçu Paulista possui uma área total de 1003,6 Km², sendo 9,0Km² de área urbana.
Limita-se ao norte com os municípios de Quatá e Borá, ao sul com Maracaí, a leste com os municípios de Lutécia e Assis e a oeste com Quatá e Rancharia.
Aspectos Diversos
O Município é servido pelas rodovias estaduais: SP 270, SP 421, SP 284, todas asfaltadas e por rodovias municipais, sendo algumas asfaltadas e outras de cascalho ou terra.
Distante da Capital do Estado 462Km por rodovia e a 588Km por ferrovia.
O total da população do município é de aproximandamente 41.000 habitantes.
A temperatura anual oscila em torno de 22ºC e não há variação ao longo do ano.
Meios de Acesso ao Município
O meio de acesso mais utilizado para chegar ao Município é o rodoviário, através das seguintes rodovias: SP 270, SP 421, SP 284 – pavimentadas e em estado regular de conservação. As rodovias municipais são, na maioria, pavimentadas em bom estado de conservação.
O transporte rodoviário da capital para o município, 462km, é feito diariamente, através da empresa de transportes Andorinha.
Chegam de outros municípios, diariamente onibus das seguintes empresas:
• Turismar: de Marília, Oscar Bressane, Lutécia, Maringá e Iepê.
• Guerino: de Presidente Prudente, Martinópolis, Rancharia, João Ramalho, Quatá, Tupã, Assis, Londrina.
• Luchine: de Maracaí.
Paraguaçu conta também com uma pista de pouso na própria sede, para aviões leves, medindo 750m de comprimento por 30m de largura, de terra batida; não possui terminal de passageiros.
O serviço de transporte usado internamente no município é Taxi e Moto-taxi. - Mapa Rodoviário
Meios de Hospedagem

O setor hoteleiro oferece acomodações e preços diferenciados, de forma a tender as exigências do turista e dar oportunidade a todos de usufruírem dos nossos serviços.

Hotéis:
• Esplanada Hotel – Av. Siqueira Campos, 2598 Fone: (18) 3361-2527

• SYS Palace Hotel – Rua Quinze de Novembro, 500 – Fone: (18) 3361-2012/3361-2023 e-mail: palace.hotel@bol.com.br

• Hotel Paraguaçu – Rua Paula Souza, 366 -Fone: (18) 3361-1143

• Hotel Nova São Paulo – Av. Brasil, 538 - Fone: (18) 3361-1002

Hotel de Lazer:
• Thermas Hotel Recanto – Thermas de Paraguaçu - Fone (18) 3361-7401

Serviços de Alimentação

A Estância conta com um número razoável de Restaurantes, sendo oferecidos em seus cardápios pratos variados, ou, pelo sistema “self-service”, onde se tem à disposição um grande número de pratos quentes e frios.

a) Restaurantes:
» Dardanella Pizzaria – Rua XV de Novembro, 437 – Tel. (18) 3361-5757
» Pallazo Pizzaria – Av. Bandeirantes, 565 – Tel. (18) 3361-1122
» Távolas Pizzaria – Rua Manilio Gobbi, 987 – Tel. (18) 3361-1194
» Nove de Julho – Av. Paraguaçu – Praça 9 de Julho – Tel. (18) 3362-2030
» O Barracão – Distrito de Conceição do Monte Alegre – Tel. (18) 3361-2779
» Cantina Club – Rua XV de Novembro, 717 – Tel. (18) 3361-2825
» Estancia Grill – Av. Paraguaçu, 507 Loja 4 Galeria – Tel. (18) 3361-7630
» Suspiro – Rua Armando Sales de Oliveira, 197 – Tel. (18) 3362-1500
» Os Caipiras – Av. Siqueira Campos, 761 – Tel. (18) 3361-1703
» Choperia Vitória – Av. Paraguaçu – Praça 9 de Julho

b) Lanchonetes:
» Bambi
» Gaiolão
» Pastelaria do Tião
» Lanchonete Central

Discotecas e Danceterias
    Rancho - Galpão - Fly Music
Pontos Turísticos
Igreja Matriz
Doações generosas foram feitas para que, hoje, a Igreja Matriz pudesse ser um marco de destaque de Paraguaçu. Os vitrais maravilhosos que datam de 1946, foram doados por famílias tradicionais da cidade, pea cruzadinha infantil da época e pela própria casa que executou a obra de colocação dos mesmos – Casa Conrado de São Paulo.

Esses vitrais belíssimos são quadros que representam os Apóstolos (Pedro, Tiago, André, João, Felipe, Bartolomeu, Mateus, Judas irmão de Tiago e Mathias); Santo Agostinho, O Batismo de Jesus, Nossa Senhora do Carmo, Santa Cecília, Anuncuação, Aparição do Sagrado Coração de Jesus à Santa Margarida, Maria e a Agonia de Nosso Senhor no Horto das Oliveiras.

Também deste acervo fazem parte os Símbolos Evangélicos que representam as características próprias dos quatro Evangelistas: Touro simboliza o sacrifício de Zacarias (São Lucas); Homem simboliza a genealogia, nascimento e infância de Jesus (Matheus); Leão simboliza a pregação de João Batista no deserto (Marcos); Águia simboliza “No princípio O verbo era Deus” (São João).

Além destes símbolos Evangélicos, têm outros que identificam os momentos Eucarísticos.
Mediante tanta preciosidade, o compromisso do paraguaçuense de preservá-los e zelar por eles se tornam maior.
Praça 9 de Julho
Antigo largo da Matriz foi durante várias décadas o centro econômico e político da cidade.

Reunindo, além dos três poderes, a influência clerical e o movimento comercial mais intenso, atraíram também as casas bancárias e alguns profissionais liberais. O antigo prédio do Banco Comercial (onde hoje está o Banco Itaú) é marcante da imponência da época.

Importante espaço de lazer e reuniões populares foi, no decorrer da história da cidade, local de realização de grandes quermesses, concentrações políticas, espetáculos artísticos e, na época do apogeu das bandas de música, manteve intenso movimento durante as retretas realizadas em seu coreto.
Banda Municipal - “Lyra Maestro Roque Soares de Almeida”
A Atual sede da Banda de Música foi uma antiga fábrica de mortadela de propriedade do senhor Chico Galdino, cidadão que durante muitos anos foi o maior incentivador e mesmo mantenedor da Corporação Musical.
Neste mesmo prédio também funciona atualmente a Escola Municipal de Música.

A Banda de Música de Paraguaçu é a atividade artística de mais longa duração. Há registros fotográficos desde 1924 e jornalísticos desde 1928.

Relatos orais informam sua existência desde 1918.
Mesmo atravessando períodos de dificuldade, nunca chegou a ser totalmente paralisada, mantendo sua participação em diversas ocasiões.

Seu nome “Lyra Maestro Roque Soares de Almeida” é uma homenagem ao excelente músico que aqui viveu e legou belíssimas composições à cidade.
Cine Teatro - “Lucila Nascimento”
Após encerrar suas atividades, o prédio do Cine “São Manuel”, foi adquirido da Empresa Pedutti, pela Prefeitura Municipal de Paraguaçu Paulista.

Alguns anos depois, foi remodelado, passou a funcionar como cinema e teatro, em 8 de março de 1986: “Teatro Municipal Lucila Nascimento”.

No final da década de 90, novamente o cine-teatro encerrou suas atividades e assim permaneceu por sete anos.

No dia 19 de outubro de 2007, o Prefeito Carlos Arruda Garms, entrega aos paraguaçuenses um cine-teatro remodelado, com instalações modernas, 600 lugares e projetor de filmes de última geração.

Localizado à Rua Manilio Gobbi no Edifício “Manoel Antonio de Souza”.
Fonte Luminosa
Inaugurada a 7 de setembro de 1967, acompanhou em proposta e em arquitetura a moda então vigente.

A recente construção de Brasília, com suas propostas arquitetônicas modernas, estimulava obras mais arrojadas.

A proximidade com a estrada de ferro fazia com que os passageiros dos trens noturnos apreciassem um espetáculo diferente durante a parada na Estação de Paraguaçu.
Seu volume de água e seu jogo de cores eram dos maiores e mais aperfeiçoados da época.

Tornou-se logo num dos pontos de maior freqüência na cidade, nas noites de final de semana.

Sua sequência de cores e jatos durava 40 minutos (hoje são 30) sem repetição e isto fazia com que as famílias se demorassem na praça, numa atitude de convivência muito própria das cidades de menor porte.

Sua imagem é até hoje o símbolo mais marcante da Estância e seu visual mais característico.
Jardim das Cerejeiras
Criado pela participativa colônia japonesa de Paraguaçu no final dos anos de 1950, o jardim das cerejeiras mostrava todo simbolismo da tradição milenar do contato com a natureza. Todo o planejamento e construção do jaardim foram orientados por um paisagista japonês. Hoje, totalmente remodelado, ainda é um dos cartões postais de Paraguaçu.

Um dos espetáculos é a floração das cerejeiras que ocorre durante somente uma semana do mês de julho.
Estação Paraguaçu
Região tradicionalmente ferroviária, Paraguaçu surgiu pelos trilhos da Estrada de Ferro Sorocabana, quando aqui instalou uma de suas inúmeras estações no início do século XX.

O local onde foi inaugurada a primeira Estação Ferroviária em 1916, transformou-se no núcleo habitacional e comercial que mais tarde viria a ser a Estância Turística de Paraguaçu Paulista.

O antigo Largo da Estação, além de intenso movimento de embarque de madeira e outros produtos, trazia também os diversos profissionais que, nos primeiros passos da história, iniciaram a construção da cidade.

Uma das construtoras da estrada de ferro foi a Empresa José Giorgi, trabalhando no trecho entre Assis e Presidente Epitácio, quando por muito anos preservou uma das primeiras locomotivas que aqui transitaram. Em 1999, a Sra. LinaGiorgi Leuzzi fez a doação da locomotiva de fabricação inglesa The Avonside Engine Corporation Limitedde número 23, para o município de Paraguaçu.

Com ela, nasceu o sonho do nosso trem turísticoe, em 2005, a mesma foi totalmente restaurada, dando-se início às atividades para a implantação do “Projeto Estação Paraguaçu”.

Em 27 de setembro de 2005, foi lançado oficialmente o projeto, monstrando ao público o funcionamento da locomotiva, batizada naquela ocasião de “Dona Lina”, em homenagem à benfeitora de Paraguaçu.

Em março de 2007, a composição do Trem Turístico fez sua apresentação, percorrendo 500 metros já na linha principal da antiga Estrada de Ferro Sorocabana. A partir de setembro de 2007, a composição passou a ser chamada de Trem Turístico Moita Bonita, em alusão ao primeiro nome do então lugarejo, situado entre os ribeirões Alegre e Sapé, onde, mais tarde, surgiria a cidade de Paraguaçu.
Thermas de Paraguaçu
Com o aproveitamento de um poço perfurado pela Petrobrás, em busca de petróleo, surgiram as águas quentes naturais vidas de 1730 metros de profundidade, numa temperatura de 52º.

Aproveitadas pelo grupo Jacomossi, nasceu assim em 1987, o clube Thermas de Paraguaçu, incrustada no meio de um bosque natural com mais de quatro mil árvores, contendo 170 espécies diferentes.

Suas águas possuem poderes terapêuticos; além de várias outras propriedades, proporcionam também lazer sadio em qualquer estação do ano.

Foi as Thermas a grande responsável pela elevação da pitoresca cidade de Paraguaçu Paulista à condição de Estância Turística, no ano de 1997, pelo governo do estado.

O Hotel Thermas Recanto, construído ao lado do clube termal, oferece comodidade ao visitante, formando um complexo de lazer e descanso aliado a um espeço para eventos e celebrações. Em estilo despojado, conta com à mata do cerrado e clima incomparável.

Distante a 4 km do centro da cidade, lugar ideal para refúgio, lazer e esportes.
Grande Lago
Utilizando o enorme potencial aquático de Paraguaçu, o represamento do Ribeirão Água das Mortes, Cachoeira e Alegre deu ao local um grande centro de lazer e recreação – o Balneário Público Municipal inaugurado em 1963.

Ampliado o espelho d’agua para mais de 70 alqueires, hoje o Grande Lago oferece a mais completa diversidade de atrativos. São 800 metros de praia com areia branca natural, 20 quiosques para churrascos, área de shows, estacionamento para 500 carros, restaurantes, área esportiva com campo de futebol, quadras de areia e uma marina para apoio aos esportes náuticos.

O visitante poderá contar com toda infra-estrutura, comodidade e segurança.
Centro de Convergência Turística
Para a realização de festas populares, shows, eventos em geral foi criado no antigo aeroporto municipal um amplo espaço com toda infraestrutura necessária. É palco da Festa das Nações, Festância, Fest-Rodeio, provas de motocross e apresentações esportivas.

O projeto total prevê ainda uma área esportiva contendo pista de atletismo, campo de futebol, piscinas olímpica e semi-olimpicas, skate, pista de caminhada, ciclovia dentro de uma mata nativa do Cerrado.

Dentro do complexo, há também o Centro de convenções Mario covas, com auditório, salão de exposições, salas de apoio e o Departamento de Turismo e Esportes de Paraguaçu Paulista.
Conceição de Monte Alegre
Vilarejo histórico, base avançada da conquista do oeste paulista, rota dos tropeiros vindos do Sul de Minas Gerais, Conceição de Monte Alegre, que fica a 6 km do centro de Paraguaçu Paulista, ainda guarda marcas dos tempos pioneiros.

As famílias que se instalaram aqui, na maioria imigrantes portugueses, trouxerama arte do tear das ilhas açorianas.

Hoje resgatada pelo núcleo do tear, produzem peças artesanais riquíssimas em detalhes.

Imperdível o “Peixe na Telha”, prato típioc da região num ambiente rústico e acolhedor, depois de passear pela pracinha bucólica do lugar.

Outro ponto pitoresco é a Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB) com sua bem montada estrutura de esportes e lazer.
Horto Florestal
A Estação Experimental João José Galhardo, mais conhecida como Horto Florestal de Paraguaçu Paulista, reúne a mais bem preservada mata nativa de Cerrado da região e também um grande reflorestamento.

Contando com uma área de 442,09ha será sede da “Central de Aventura” reunindo atividades ligadas ao Eco-turismo e Esportes de Aventura. Situada numa área estratégica, próxima ao Grande Lago, terá área de Camping, Circuíto de Arborísmo, Trilhas, Canoageme uma infra-estrutura de apoio.
Turísmo Rural
Paraguaçu Paulista conta com algumas propriedades rurais já cadastras para desenvolver o Turismo Rural e outras com um grande potencial turístico:

• Recanto Brinco de Ouro – área de lazer, mirante do Cristo Redentor, salão de festas, museu com acervo da família (em construção), lago e o Pesqueiro Dona Maria.

• Rancho Vista Alegre – área de lazer com piscina, quadra de areia, churrasqueira, algumas atividades rurais como ordenha manual, etc.

• Estância Alvorada – área de lazer com piscina, campo de futebol suíço, quadra de areia, salão de festas e comida caseira.

• Recanto Dona Lira – área de lazer com piscina, churrasqueira, etc.

• Pequeiro Moita Bonita – pesca e alimentação.

• Pequeiro Pádua – pesca e alimentação.

• Novo Horizonte – fauna silvestre e exótica – criação de javalis e aves exóticas (visitação).

• Fazenda Modelo ESAPP - casarão construído no início do século, tulha de café, cunicultura, avicultura, caprinocultura, apicultura, piscicultura, bovinocultura e experimentos agrícolas em diversas culturas. (só visitação)

• ETAE “Augusto Tortolero Araujo” Colégio Agrícola – criação de animais, mudas em geral, plantas ornamentais e medicinais, doces em compota, laticínios, embutidos, etc.